Roubo de cargas tem queda em 2019, mas volume ainda é preocupante
Notícias

Roubo de cargas tem queda em 2019, mas volume ainda é preocupante

Anualmente, as estatísticas de roubos de carga são divulgadas pela Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística). Em 2019, foram registradas mais de 18 mil ocorrências, um pouco menos que o ano anterior, que somou mais de 22 mil casos. De acordo com a entidade, a queda do número de ocorrências está relacionada ao investimento alto das empresas em tecnologias e medidas de segurança em suas operações.

Mesmo com uma queda de 17% nos casos, os prejuízos dão mais de R$ 1,40 bilhão, e, portanto, os roubos de carga continuam sendo uma preocupação importante para as empresas do setor.

Separando as ocorrências pelas diferentes regiões do país, o Sudeste lidera disparado arcando com 84,26% dos casos. Em seguida, aparece a região Sul, com 6,52%; Nordeste, com 6,29%; Centro-oeste, 1,69%; e por último a região Norte, com 1,24%.

O relatório também apontou que os produtos mais visados para roubo são os alimentícios, cigarros, eletroeletrônicos, combustíveis, bebidas, artigos farmacêuticos, autopeças, defensivos agrícolas e têxteis e confecções.

(Junho/2020)


<< Voltar

Rede Social



Todos os direitos reservados
São Paulo
11 2949-3325 // 2939-1976
Itupeva
11 4581-9263
contato@pbextransportes.com.br
Desenvolvimento