Montadoras movimentam mercado automotivo
Notícias

Montadoras movimentam mercado automotivo

No primeiro trimestre do ano, fabricantes trazem mudanças, estimativas e novidades no mercado de transportes em todo o mundo.

A Ford anunciou que não irá mais atuar no segmento de caminhões na América do Sul para uma reestruturação global da fabricante. Com essa decisão, a fábrica de São Bernardo do Campos (SP) encerrará as atividades durante o ano. As atividades em São Bernardo do Campo produzem as linhas Cargo e F, representados pelo F-350 e F-4000, e o Fiesta. Os veículos serão oferecidos ao mercado até o fim dos estoques. O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC estima que o fechamento da fábrica deve impactar uma cadeia de 24 mil trabalhadores. Na montadora, serão cerca de 3 mil demissões.

Já a Scania mostra otimismo com o mercado nacional em 2019, com perspectiva de alta de 10% a 20% no mercado de caminhões acima de 16 toneladas, categorias de semipesados e pesados. Se a estimativa se realizar, os licenciamentos irão alcançar volumes entre 58 mil e 63 mil unidades.

Outra aposta alta vem da Volvo. No Brasil, ela anunciou recentemente que está investindo cerca de R$ 250 milhões e contratou 300 funcionários para expandir a produção de caminhões na fábrica de Curitiba, no Paraná. Na Europa, começou a entregar aos clientes as primeiras versões totalmente elétricas das linhas FL e FE. A fabricante aposta que a ausência de ruído e de emissão de escape serão benéficos para o trabalho dos motoristas e para o ambiente. Os caminhões Volvo FL Electric e Volvo FE Electric foram apresentados no ano passado e desenvolvidos para operar no transporte de cargas em ambientes urbanos. O primeiro modelo tem capacidade para 16 toneladas de peso bruto total (PBT) e o segundo suporta até 27 toneladas.

(Março/2019)


<< Voltar

Rede Social



Todos os direitos reservados
São Paulo
11 2949-3325 // 2939-1976
Itupeva
11 4581-9263
contato@pbextransportes.com.br
Desenvolvimento