Untitled Document
Notícias

Caminhoneiros entram em greve para pressionar governo

Do dia 01/07 ao dia 04/07 caminhoneiros de todo o Brasil fizeram uma paralisação das atividades. Eles aderiram aos protestos para pressionar o governo e o Congresso Nacional em busca de soluções para os problemas da categoria.
O Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC), responsável pela paralização, luta pelas restrições de circulação nas cidades, valor do pedágio e redução do preço dos combustíveis. A criação de uma Secretaria do Transporte Rodoviário de Cargas, vinculada diretamente à Presidência da República, nos mesmos moldes das atuais Secretarias dos Trabalhadores e das Micro e Pequenas Empresas, também era um fator de reclamação.


O protesto

Os caminhoneiros pararam rodovias federais e estaduais de pelos menos sete estados. As manifestações foram registradas em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, Mato Grosso, Paraná e Bahia.
Na maioria das rodovias, os bloqueios foram feitos apenas para o tráfego de caminhões. A passagem de carros de passeio e de ônibus e caminhões com carga perecível e perigosa ficou liberada pela pista da esquerda.
Uma decisão da Justiça Federal concedeu uma liminar que proibiu o MUBC a promover a interrupção do tráfego nas rodovias federais. Caso a medida fosse desrespeitada, os sindicatos seriam obrigados a pagar R$10 mil por hora que a rodovia estivesse obstruída.
A presidente Dilma Rousseff disse que as interrupções ferem a ordem do país e que o governo não concorda com qualquer processo que provoque turbulência nas atividades produtivas do país e na vida da população.

 


(Julho/2013)

<< Voltar

Rede Social



Todos os direitos reservados
São Paulo
11 2949-3325 // 2939-1976
Itupeva
11 4581-9263
contato@pbextransportes.com.br
Desenvolvimento